10 de abr de 2011

Inscrições abertas: Cosmovisão, com Nelson de Oliveira

A literatura encontra a tecnologia, a arte encontra a ciência



As mais recentes descobertas da ciência estão transformando o planeta e a sociedade. Graças aos avanços tecnológicos, o ser humano agora está modificando fisicamente a Terra e também o próprio ser humano. Mas o cidadão comum, distante dos centros de pesquisa mais avançados, ainda não está plenamente consciente disso.

No minicurso serão discutidos os avanços tecnológicos mais inquietantes, com o objetivo de mostrar como eles estão influenciando também a arte e a literatura do nosso tempo, enriquecendo-as. Também veremos de que maneira noções complexas como o tempo, o infinito, a realidade, a consciência e o inconsciente aparecem na obra de Giorgio de Chirico, James Joyce, Salvador Dali, Jorge Luís Borges, MC Escher, Philip K. Dick, William Gibson e outros.

1ª aula: o universo e nossa posição nele
2ª aula: a vida, sua origem e seu futuro
3ª aula: o cérebro humano e seus superpoderes

Cosmovisão
Curso de Nelson de Oliveira

Local: Palavraria (rua Vasco da Gama, 165 – telefone: 51- 3268.4260)
Datas: 28, 29 e 30 de abril
Horários: 18h30 às 21h30
Valor da inscrição: R$ 100,00
Número de vagas: 15
Inscrições na Palavraria, ou por email palavraria@palavraria.com.br e jornalvaia@gmail.com, ou pelos telefones 51-3268.4260 e 51-9892.3603.



Nelson de Oliveira nasceu em 1966, em Guaíra, SP. Escritor e doutor em Letras pela USP, publicou mais de vinte livros, entre eles Poeira: demônios e maldições (romance, 2009, Prêmio Casa de Las Américas), A oficina do escritor (ensaios, 2008), Algum lugar em parte alguma (contos, 2006), A maldição do macho (romance, 2002, publicado também em Portugal) e O filho do Crucificado (contos, 2001, também lançado no México).
Em 2001 organizou a antologia Geração 90: manuscritos de computador e em 2003, Geração 90: os transgressores, com os melhores prosadores brasileiros surgidos no final do século 20. Foi um dos curadores das duas primeiras edições dos Encontros de Interrogação, realizados no Instituto Itaú Cultural em 2004 e em 2007, e é um dos criadores da coleção Risco:Ruído, da editora DBA.
Atualmente coordena o Projeto Portal, de narrativas de ficção científica. Dos prêmios que recebeu destacam-se o da Fundação Biblioteca Nacional (2007), duas vezes o da APCA (2001 e 2003), o da Fundação Cultural da Bahia (1996) e o Casa de las Américas (1995 e 2010). Atualmente também coordena, em várias instituições, oficinas de criação literária para escritores com obra ainda em formação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário