10 de abr de 2011

Que é poesia, curso com Antonio Cicero

O curso Que é a poesia pretende examinar criticamente as respostas que alguns dos maiores poetas da tradição ocidental deram, em suas poéticas, a essa questão. Em roteiro que tem como ponto de partida a poesia oral primária da Grécia arcaica e, como ponto de chegada, a poesia oral secundária – a letra de música – de nossos dias, passaremos pelas ideias e pela poesia de autores como Homero, Nicolas Boileau, Friedrich Hölderlin, Charles Baudelaire, Fernando Pessoa, Ezra Pound, T.S. Eliot, João Cabral, Décio Pignatari, Augusto e Haroldo de Campos, Caetano Veloso, Luiz Tatit e outros.

Encontro 1
Que é a poesia? Homero e a poesia oral primária. A memória. O mito e o epos.

Encontro 2
A natureza do poema escrito. Classicismo e romantismo. Boileau. Hölderlin.

Encontro 3
A poesia moderna. Baudelaire. Pessoa. Pound. Eliot.

Encontro 4
O construtivismo brasileiro. Cabral. O concretismo. Décio Pignatari. Augusto e Haroldo de Campos. A poesia e a música. Caetano Veloso. Luiz Tatit.

Cada encontro tem duração de 2hs.

Que é Poesia
Curso de Antônio Cicero

Local: Casa de Cultura Mario Quintana (sala G4)
Datas: 02, 03, 04 e 05 de maio
Horários: 19h30 às 21h30
Valor da inscrição: gratuita
Número de vagas: 40
Inscrições por email jornalvaia@gmail.com, pelo telefone 51-9892.3603, e na Biblioteca SESC Navegantes (Av. Brasil, 483 - Bairro Navegantes Porto Alegre – RS, Fone: 51-3342-5099, com Indiara dos Santos Batista - 9h às 18h: Telefone: 9193.9904, e Lisiane Andriolli Danieli - 9h às 15h: Telefone: 9609.9365).


Antonio Cicero é poeta e ensaísta, sendo autor, entre outras coisas, dos livros de poemas Guardar (Rio de Janeiro: Record, 1996) e A cidade e os livros (Rio de Janeiro: Record, 2002), bem como do tratado filosófico O mundo desde o fim (Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1995) e do livro de ensaios sobre poesia e arte Finalidades sem fim (São Paulo: Companhia das Letras, 2006). Em parceria com o poeta Waly Salomão, organizou o livro de ensaios O relativismo enquanto visão do mundo (Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1994) e, em parceria com o poeta Eucanaã Ferraz, a Nova antologia poética de Vinícius de Moraes (São Paulo: Companhia das Letras, 2003). É também autor de diversas letras de música, tendo como parceiros, entre outros, Marina Lima, Adriana Calcanhotto e João Bosco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário