19 de set de 2012

Conto: espelhamentos e impossibilidades reincidentes


FestiPoa Literária revisitada e sampleada

Conto: espelhamentos e impossibilidades reincidentes
Convidados: Leila de Souza Teixeira, Juarez Guedes Cruz e Luciana Thomé
Data: 25/09, 19h
Local: Palavraria (rua Vasco da Gama, 165)

FestiPoa Literária revisitada e sampleada é a retomada de parte da programação do evento, com a presença de alguns dos escritores que participaram de sua 5ª edição em abril deste ano, e a oportunidade que o público leitor terá de acompanhar a festa literária ao longo de todo o segundo semestre. Temas, reflexões, debates e livros, que estiveram na pauta da última edição, receberão novas abordagens dos convidados, e os escritores revisitarão assuntos e textos seus e de outros autores, contemporâneos ou clássicos. 
A terceira atividade da FestiPoa revisitada ocorrerá no dia 25, terça-feira, às 19h, na Palavraria, e contará com a participação dos escritores Juarez Guedes Cruz, Leila Teixeira e Luciana Thomé. Os convidados debaterão o gênero conto e farão comentários a respeito de seus mais recentes livros publicados.




Juarez Guedes Cruz nasceu e vive em Porto Alegre (RS). É médico, psiquiatra e psicanalista. Além da presença em antologias de contos ou de ensaios psicanalíticos, publicou dois livros de contos:"A cronologia dos gestos" (2003, vencedor do Prêmio Açorianos) e "Alguns procedimentos para ocultar feridas" (2007, finalista do Prêmio Açorianos). Também em 2007, foi o organizador da antologia de contos "O paradoxo de Tchekov". “Antes que os espelhos se tornem opacos” (contos, Dublinense/2011) é seu livro mais recente. 


Leila Teixeira, nascida em Passo Fundo (RS), em 1979, é formada em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O interesse por literatura a levou a cursar a Certificação Adicional em Escrita Criativa, na PUC/RS, bem como a participar das oficinas literárias de Charles Kiefer, Luiz Antonio de Assis Brasil e Léa Masina. Publicou contos nas antologias "Inventário das delicadezas" (2007) e "Outras mulheres" (2010) e na Revista VOX do IEL/RS (2011). É idealizadora e curadora da Vereda Literária. “Em que coincidentemente se reincide” (2012), seu primeiro livro individual, é um jogo de espelhos, onde, para cada história, há outra que complementa e dá novo significado à anterior. A morte, a doença, os relacionamentos, a guerra, a criação artística: tudo acontece em ciclos, que se repetem e se refletem, mas que não são idênticos.



Luciana Thomé nasceu em 1977 em Lajeado (RS). É jornalista, escritorae sócia da Não Editora (www.naoeditora.com.br). Freqüentou a Oficinade Criação Literária da PUCRS ministrada pelo Professor Luiz Antônio de Assis Brasil. Participou das antologias Contos de Oficina 35 (Editora Bestiário), Ficção de Polpa – Volumes 1, 2 e 3 (Não Editora). Atua profissionalmente como assessora de imprensa e webwriter em sua empresa, o Estúdio de Conteúdo.